Fonte sem transformador retificada

image_pdfimage_print

Vanderlei Alves S. da Silva

Aproveite para conhecer nossa loja. Clique aqui.

Publicamos neste site um artigo ensinando a calcular o valor de um capacitor para a elaboração de uma fonte sem transformador, o qual tem a função de reduzir a tensão da rede de energia elétrica por meio da reatância capacitiva. No entanto, tal fonte, fornece apenas tensão alternada, não servindo para alimentar circuitos eletrônicos. Vamos aprender, neste artigo, a montar uma fonte sem transformador retificada e regulada, a qual, poderá ser usada para alimentar circuitos eletrônicos.

Caso não tenha visto o artigo que ensina esse cálculo, clique aqui.

Agora que provavelmente você já sabe como calcular o capacitor, veja o esquema abaixo e aprenda a montar uma fonte sem transformador retificada e regulada para a tensão desejada.

Lembrando que fontes sem transformador oferecem alto riscos de choques elétricos!

Fonte sem trafo estabilizadaClique para ampliar a imagem

 Abaixo você pode visualizar a ligação dos componentes:

Clique para ampliar a imagem

*A tensão de entrada da fonte e a de saída nos terminais de C2 vão depender do capacitor C1, que deve ser devidamente calculado. Para saber como calcular, clique aqui.



*A tensão de saída da fonte, a qual será estabilizada, vai depender do CI1 escolhido. Veja abaixo alguns exemplos de circuitos integrados reguladores de tensão, usado nesta fonte, e suas pinagens:
regulador7812

Para ter uma saída de 12V, use o circuito integrado 7812 e para uma saída de 5V, use o 7805. Existem vários outros circuitos integrados reguladores de tensão da família 78xx, os quais estabilizam tensões positivas, para regular tensões negativas, usam-se os CIs da família 79xx, onde xx correspondem ao valor da tensão que estará presente na saída da fonte.

O capacitores devem ter tensão de trabalho com pelo menos 5V a mais em relação às tensões presentes na fonte. Nunca use capacitores com tensões menores ou igual a tensão desejada, os capacitores devem ser capaz de suportar sempre tensões maiores.

Circuito Impresso

PCB_01_FST

Lado de baixo da placa (o desenho está invertido). Para imprimir em tamanho real, salve a imagem acima e usando um editor de imagem de sua preferência, dimensione para 7,75 cm de largura por 3,03 cm de altura.

Abaixo você vê a disposição dos componentes na placa de circuito impresso.

PCB_02_FST

Lista de componentes

___________________________________________________________________________

C1 – Capacitor cerâmico ou de poliéster de 6uF x 250VAC (para 127V) ou 3uF x 400VAC (para 220V);

C2 – Capacitor eletrolítico de 1000uF x 25V;

C3 – Capacitor elétrolítico de 470uF x 16V;

D1 a D4 – Diodos retificadores 1N4007;

CI1 – Circuito integrado regulador de tensão LM7812 (Para tensão de saída de 12V) ou LM7805 (Para tensão de saída de 5V);

Placa de circuito impresso no tamanho indicado no texto;

Fios, solda, ferramentas.

___________________________________________________________________________

Dica: Caso o CI1 esquente durante o funcionamento, o que pode ser normal, adicione a ele um dissipador de calor. Veja um exemplo na figura abaixo:

dissipador1

Após a montagem, ligue a fonte na tomada da rede elétrica e use um multímetro para medir a tensão de saída para ver se está tudo em ordem, se você usar o LM7812 deverá encontrar 12V na saída e se for o LM7805 a tensão de saída deverá ser 5V.

Gostou deste conteúdo? Quer muito mais assuntos interessantes e úteis? Então torne-se um colaborador e apoie essa obra ou faça uma doação.

 





apoia-se

194 pensou em “Fonte sem transformador retificada

  1. Bom dia

    quero montar um conversor de 24 com saídas de 5, 9 e 12 volts

    usando os reguladores 7805, 7809 e 7812 eu preciso alterar os valores dos capacitores C2 e C3??

    1. Olá Alex,

      Os valores de capacitância não precisam ser trocados, mas, observe se a tensão no capacitor é maior do que a que será fornecida pela fonte.

  2. Boa Noite Professor, sou hobbysta em eletrônica e particularmente gosto muito da área de audio, então fabrico para meu uso amplificadores e fontes chaveadas(para alimentar os amplificadores), uso muito fontes com IR2153 or ser de fácil fabricação, só que uma é coisa que me incomoda é a alimentação do IR2153(entre 9v e 15V) é feita por divisão por restistor, que no caso uso dois de 56K por 5w, funciona só que esquenta muito, posso usar esse circuito para alimentar o IR2153? muito obrigado, achei seu site procurando por “fonte de alimentação sem trafo”.

    1. Olá Gleisson!

      Sinceramente eu não recomendo esse tipo de fonte para equipamentos que necessitem de contato físico direto com usuários, pois, observe que ela não é isolada da rede elétrica de distribuição, o que significa que o risco de choque elétrico é algo preocupante, mesmo em locais dela onde apresentem tensões pequenas.
      Portanto, o uso de trafo continua sendo a opção mais segura.
      Uma recomendação é usar fontes chaveadas para a tensão desejada, em que, o transformador ocupa um pequeno espaço.

      É isso ai! 😉
      Qualquer dúvida volte a comentar.
      Abraço!

      1. Obrigado Professor, Estou usando fonte dedicada para o IR2153 como disse, resolveu vários outros problemas, muuuito obrigado pela atenção e dica!!!

  3. ola vanderlei oque faço para conseguir uma corrente de 7A com esse circuito ou vc tem outro parecido q me de essa corrente?

    1. Olá Luiz,

      Infelizmente, esse tipo de fonte não é recomendado para correntes altas, uma vez que se você for fazer os cálculos apresentados na página Fonte sem transformador, na qual ensino como projetar uma fonte desse tipo, vai perceber que o valor do capacitor será muito elevado para 7A, tornando o projeto inviável.
      O melhor seria construir uma fonte com transformador de 7,5A e usar circuito de regulagem tendo como elemento ativo um ou mais transistor de potência, como tão conhecido 2N3055.
      Abraço! 😉

  4. Bom dia Vanderley
    Meus agradecimento pelo tutorial, estou aprendendo!!!
    Se puder me esclarecer em algumas dúvidas, ficarei agradecido.
    – Este seu projeto da fonte sem transformador suporta até quantos mA?
    – Calculei o Capacitor C1 para 1A com entrada 220 VCA e saida 5 VDC, conforme um outro tutorial seu e achei o valor de 12nf, é isso mesmo? Ao testar não funcionou.
    – Tenho que mudar os valores dos capacitores C2 e C3 também? Como fazer isso ou qual seria estes valores?

    1. Olá Ruyter,

      Primeiramente quero dizer que é muito bom saber que posso ajudar a outras pessoas a aprenderem eletrônica, fico feliz por está aprendendo.
      Vamos lá…
      Os seus cálculos estão corretos, porém você deve ter se confundido na conversão de valores na capacitância. O capacitor adequado para este teu projeto seria 0,000012F, realizando a conversão para microFarad teremos:

      0,000012 x 1000.000 = 12uF (aproximadamente)

      Portanto, ao invés de um capacitor de 12nF (nanoFarad) utilize um de 12uF (microFarad).

      É isso!
      Qualquer dúvida volte a comentar ou entre em contato por qualquer um dos meios disponíveis na página de Contatos do site. 😉

  5. Para uma fonte de 3,3v o que é necessário fazer, quero ligar componentes Esp8266, e assim tenho que ter fontes com saída 3,3v.

    O Esp8266: Tensão de operação : 3.3 VDC

    Observação este fonte tem filtros caso haja instabilidade na rede não queime os ESP8266?

    Fico no aguardo obrigado

    1. Olá Cyberlacs,

      Para esta finalidade eu não te recomendo esse tipo de fonte de alimentação, mas caso queira fazer algum teste, poderá usar um diodo zener para a tensão desejada. A falta de filtros adequados pode causar instabilidade de funcionamento no Módulo WIFI.

    1. Olá Rafael!

      Uma solução possível para isso seria calcular o valor do capacitor C1 para uma tensão de entrada de 220V e tensão de saída de 30V. Quando a fonte fosse ligada em 110V teria algo em torno de 15V na saída, porém, como existe o regulador de tensão 78xx, o qual é escolhido de acordo com a tensão desejada, sendo neste caso menor que 15V, você terá a tensão de saída sempre estabilizada independente da tensão de entrada.
      Para realizar o cálculo de C1 acesse essa página: Fonte sem transformador

  6. Bom dia, valeu a dica…
    Seria possível saber quais componentes pedem ser alterados para uma saída de 5A em 12V.
    Desde já agradeço as suas Aulas..
    pode mandar para a minha E-Mail em baixo..

    Cumprimentos

  7. bom dia,

    adorei o site.
    eu gostaria de fazer este circuito, porem eu gostaria que ele fosse bivolt automatico.

    poderia me ajudar ?
    minha precisao é 127/220 auto, com saida de 12v 300 mah.
    vou usar para ligar 1 metro de fita de led.
    meu whats app 11 94814 8270
    email recyclelife.sg@gmail.com

    obrigado

  8. Olá pessoal!

    Ultimamente ando um tanto quanto atarefado com os cursos de eletrônica presenciais e com o desenvolvimento de um software de automação, o qual quero poder postar em breve para vocês.
    Por esses motivos eu posso demorar um pouco para responder aos comentários e enviar os circuitos solicitados, mas podem deixar que vou procurar responder a todos.

    Agradeço a compreensão de todos e um forte abraço! 😉

      1. Olá Jonas,

        Isso vai depender muito do tipo de carga que você vai usar para ser alimentada por essa fonte.

  9. Boa tarde Professor! Muito parabéns pelos projetos!

    Sou iniciante em eletrônica, por isso desculpe algumas eventuais besteiras…

    Fiz o circuito deu certo, porem também como o Jorge o C2 aquentou muito e tinha que desligar.. A unica diferença é que usei c1 de 3.3uF 400V porque não encontrei o de 7uF.. pode ser isso o problema? Posso solucionar mudando c2 como e sr respondeu pelo Jorge?

    Att., Fabio

    1. Olá Fabinho,

      Provavelmente o problema é o mesmo que foi explicado para o Jorge. A solução que ele encontrou foi bastante interessante e eficaz, pode tomar como exemplo. Quanto ao capacitor C1, eu recomendo usar outro capacitor de 3,3uF em paralelo com o que já existe para ter um valor de corrente mais próximo do desejado.

      Depois posta aqui sobre o resultado. Abraço! 😉

  10. Olá amigo vanderleialv sou o Heraldo M Silva gosto dos seus trabalhos e já vi que também é um bom instrutor. E eu preciso de um favor seu se poder sou muito grato!
    Como fazer uma fonte regulável de 110/220 com saída de pelo menos 30 V sem falar em amperagem isso você quem vai me explicar.
    Quero saber quais componentes devo utilizá los na placa de circuito imprenso.
    Valeu maneiro tu é o cara!!!!!!!!!!

    1. Olá Heraldo,

      Posso enviar para o endereço de e-mail que você usou aqui para postar o comentário?

  11. duvida: andei procurando na rede, uma resposta para essa duvida. comprei uma placa montada no mercado livre . de um amplificador de 500w mono. com voltagem de trabalho, de 55+0+55 v, por 10 amp. tenho um trafo de 55+0+55 por 10amp………………da para ligat o trafo direto na placa do amplificador ,sem a fonte retificadora( porque com a fonte, essa voltagem vai aumentar um pouco) POIS NAO SEI QUAL A VOLTAGEM MAXIMA DE TRABALHO DO AMPLIFICADOR(VCC), para nao dar queima. vc, consegue dizer se da pra fazer essa ligacao direta, ou ai tem risco???? se poder enviar a resposta para o meu gmail.fico grato….

  12. Professor. Essa fonte citada realmente consegue fornecer 1A ?visto que o proteus nao simula esse tipo de aplicaçao como vc deve saber… Como vou testar o limite da fonte? Vou ter de montar uma e queimar pra saber HaHa.

    Abraço. Aguardo seu retorno. Necessito muito desse tipo de fonte. Eu projetei uma porem só consigo extrair 30mA dela.

    1. O valor do capacitor de entrada depende da corrente elétrica de saída. Para conseguir 1A é preciso recalcular o capacitor, lembrando que os reguladores usados nesse circuito suportam corrente máxima de 1A o que fica muito no limite do que você precisa.

  13. Ola vi o seu post, sobre fonte sem transfomador.. Queria saber se tem comobaixar tensao de 110 para 12v, só que com corrente de 180mA .

  14. Vanderlei, é possível usar algum outro circuito integrado para obter 90V e 15A na saída da fonte a partir de uma rede 110?
    Qual seria esse Circuito integrado?
    Obrigado

    1. Olá Jarbes,

      Particularmente não conheço nenhum modelo comercial para este tipo de componente. Outro detalhe é que esse valor de corrente elétrica é muito alto para este tipo de fonte, o que implicará em um capacitor A.C. de entrada de alta capacidade, encarecendo o produto final.

          1. Obrigado, testei aki na protoboard e deu certo, usei os dois eletrolíticos em anti-serie e funcionou, só deu uma variação de uns 8 volts deve ser por conta da tolerância dos cap. Obrigado Vanderlei pela ajuda, indicarei sua página para meus colegas, parabéns!

          2. Meus parabéns! 😀

            Isso é o que torna meu trabalho gratificante.

            Também agradeço e disponha sempre que precisar.

  15. Parabéns Vanderlei, descobri hoje seu site e serei a partir de hoje um visitante assíduo do seu site, espero também poder colaborar!
    Gostaria que me ajudasse: Preciso ligar um eletroímã confeccionado por mim na rede elétrica 220v mas usando apenas o capacitor e diodo ficando assim um circuito LC, daria certo.

    1. Olá Pires,

      Primeiramente obrigado pelo elogio 😉

      O circuito poderá sim ser usado para o propósito descrito e não será configurado exatamente um circuito LC, pois haverá a presença do diodo entre os dois, o que minimizará o efeito da reatância indutiva.

      Fico grato em poder ajudar!
      Precisando pode entrar em contato.

  16. No lugar do capacitor de poliéster, posso utilizar dois eletrolíticos em anti-serie para despolarizar, quero alimentar 42 LEDs em paralelo quero uma corrente de saída de uns 0.6 amperes. E parabéns pela página!

    1. Olá Micael,

      Fazendo a ligação dos capacitores eletrolíticos em anti-série, realmente despolarizará os mesmos, porém, nós ainda não fizemos testes usando esse método e por isso não podemos afirmar se o funcionamento será perfeito.

  17. olá professor, por favor, eu preciso da fonte sem transformador para ligar um motor de 12 v que era do ventilador interno do carro, há quem diga que é de 10 Amperes,muito obrigado pela atenção e bom trabalho. Vanderlei me diz se devo usar a fonte sem transformador retificada ou a fonte de corrente alternada .
    NELSON

  18. olá professor, por favor, eu preciso da fonte sem transformador para ligar um motor de 12 v que era do ventilador interno do carro, há quem diga que é de 10 Amperes,muito obrigado pela atenção e bom trabalho. NELSON

  19. Olá Vanderelei

    tem como fazer uma fonte com entrada 12 volts e saida 12 volts 450ma.

    só que o transformador que alimenta a fonte tem saida de 12 volts com saida 5 amperes

  20. Boma noite Vanderlei,

    Muito bom o circuito, estou tentando implementa-lo aqui e estou com uma dúvida, aqui na minha cidade estou com dificuldades de encontrar o componente C3 – Capacitor elétrolítico de 470uF x 16V.

    Minha pergunta como iniciante no mundo da eletrônica é: posso substitui-lo por um de 25V? Minha intensão é usa-lo como alimentação para um arduino.

    Obrigado pela atenção
    Ricardo

    1. Olá Ricardo,

      Desculpe a demora em responder.

      Você pode sim usar um capacitor com tensão maior, é até mais recomendado. O que não pode é usar um capacitor com tensão menor.

        1. Ok Ricardo!

          Qualquer dúvida estarei aqui. Posso demorar para responder por conta dos compromissos profissionais, mas não deixarei de atender. 😉

  21. como seria uma fonte de 127v para 48v continua?? vou ligar dois aparelhos de 1000w / 20A cada um. necessito de um regulador de potencia tbm!! o que Vc me Sugere??

    1. Olá Mário,

      Nossa! Com essa potência é impossível usar este tipo de fonte. Preciso saber que tipo de equipamento é esse.

  22. fiz um com dois capacitor de 560nf em paralelo, e um doido zener 11v para ligar um rele, e funcionou bem . esse tipo de fonte aguenta ficar bastante tempo ligada ? por exemplo ficar o dia todo?

    1. Olá Gilberto,

      Sim, pode ser ligada por longo período, com tanto que não existam variações constantes de corrente elétrica.

  23. Fiz o circuito no Proteus e não funciona e quando não funciona nele também não funciona na prática, deve estar errado esse esquema, alguém já fez e deu certo??? Já é o segundo esquema de Fonte sem transformador que não funciona no Proteus!

    1. Olá Carlos,

      Realmente no Proteus ele não funciona, talvez por motivo de alguma configuração, porém na prática o circuito funciona perfeitamente e usamos aqui em um projeto de controle remoto por infravermelho.
      Alguns circuitos não funcionam bem no Proteus e outros funcionam muito bem no Proteus, mas quando feitos na prática apresentam falhas consideráveis, como é o caso do circuito biestável feito com flipflop tipo D. Por isso o bom mesmo é praticar, mas de olho na segurança.

      Abraço!

  24. Olá Vanderlei. Gostei bastante do circuito, era o que eu estava procurando. Fiz o cálculo para a corrente máxima de 1A, em entrada 127V e saída de 8V (CI7808). O valor do capacitor de entrada deu comercialmente 22uF (~20,95), de acordo com o cálculo do link que você mencionou. Porém não estou encontrando de poliéster nesse valor, apenas o eletrolítico. Tem alguma dica?

    1. De poliéster, realmente será complicado encontrar, porém você pode usar capacitores para AC, tipo os usados em No-breaks. Creio que você encontre com valor em torno de 30uF x 400VAC.
      E fico muito grato em saber que estou ajudando. 😉

  25. Bom dia Vanderlei, VB você realmente faz a diferença. Obrigado por continuar compartilhando conosco as informações.
    Só gostaria de saber como calcular os valores de C2 e C3, você ensinou o cálculo apenas de C1, se eu estiver equivocado me desculpe.

    1. Olá Joaquim!

      Desculpe a demora em responder e muito obrigado pelo elogio. 😉

      Para o capacitor C2 considere 1000uF para cada um Ampère que a fonte possa fornecer ao máximo. C1 pode ter o valor especificado no datasheet do C.I. regulador de tensão 78xx.

      Abraço!

    1. Olá Sergio,

      Teria sim. A dica é você calcular o capacitor para uma entrada de 220V e usar reguladores de tensão na saída para a tensão desejada.
      Para calcular o capacitor de entrada adequado acesse essa página Fonte sem transformador

  26. Boa tarde!
    Meu nome é Joaquim, tenho uma pequena dúvida, primeiramente gostaria de lhe agradecer pelos conhecimentos compartilhados, sou Técnico em Eletrotécnica, porém meus conhecimento em Eletrônica são limitados. Preciso de sua ajuda.
    Bom, você disse que o CI-7805 e ou 7812, consegue fornecer apenas 1A, certo. A dúvida se eu precisar de mais corrente como por exemplo 15A? Qual CI- utilizaria?

    1. Olá Joaquim,

      Primeiramente obrigado pelo elogio.
      Bom, como escrevi a pouco em outro comentário eu não recomendo aumentar a corrente desta fonte para mais de 1A. Mas se pretende usar o circuito regulador de tensão usando o 7805 ou 7812 em uma fonte convencional com transformador e precisa de que a saída forneça 15A, então tenho sim um circuito legal para esse caso.
      Entre em contato pelo Whatsapp ou por e-mail. Esses contatos estão na página de Contatos

        1. Se aumentar para 2A você não poderá usar o regulador de tensão da família 78xx como os citados no texto. Este componente funciona com corrente elétrica máxima de 1A e corrente maior que isso poderá danificá-lo.

  27. Olá Vanderley.
    Antes de mais nada, parabéns pelo site. Ótimo trabalho.
    Conheço pouco de eletrônica e gostaria de montar uma fonte bivolt com saída de 5V e 0,5A. Como posso usar esse circuito para minha necessidade?
    Obrigado pela atenção.

    1. Olá Victor,

      Muito obrigado pelo elogio e me desculpe por demorar a responder, pois como professor de eletrônica fico com tempo reduzido quando além das aulas é preciso criar ao prático para os alunos.

      A fonte apresentada neste post serve para o que deseja, pois ela usa o circuito integrado regulador de tensão LM7805, o qual é capaz de fornecer uma corrente máxima de 1A e como você precisa da metade desse valor, esta fonte será perfeita, uma vez que não terá como sobrecarregá-la.

      Qualquer dúvida pode chamar 😉

      1. Olá Eduardo,

        Colocando dois capacitores em paralelo, tanto a tensão quanto a corrente elétrica dobrariam de valor, uma vez que a reatância capacitiva cairia pela metade.

      2. Neste caso, colocando dois capacitores em paralelo tanto a tensão, quanto a corrente elétrica ficariam com o dobro do valor.

  28. queria usar uma fonte dessa para alimentar um radio automotivo em casa
    montei o esquema e sai os 12V
    mas quando ligo o radio a tensão cai pra 3V e o radio nao liga
    oque pode ser?

    1. Olá Guilherme,

      Essa fonte é para alimentar cargas de baixa corrente elétrica com consumo de no máximo 1A. Um rádio automotivo necessita de corrente superior a 1A e por este motivo o aparelho não liga. O consumo excede o que a fonte é capaz de fornecer.

  29. Olá, Vanderlei! Suas dicas irão me ajudar MUITO. Mas, como se chega aos valores de C2 e C3? O Datasheet do 7805 recomenda capacitores muito menores. Parabéns e obrigado!

    1. Olá Sergio,

      Esses capacitores são apenas para eliminar a tensão ripple, que é uma espécie de ruído. O datasheet apresenta os valores mínimos recomendados, os quais também podem ser usados sem problemas. Sem eles a fonte funciona normal, porém com a presença de ripple.

  30. Obrigado por compartilhar seu conhecimento, gostaria de saber como ficaria esse circuito em 12v com 15A de corrente, vc tem como me ajudar?
    Desde já muito obrigado voce eh de verdade muita sabedoria

    1. Primeiramente muito obrigado pelo elogio 😀

      Para 15A com esta fonte, e de acordo com os cálculos, você precisará de um capacitor (no caso C1) de 3150uF x 400V para corrente alternada, o que não seria nada fácil de encontrar, a menos que se faça associação em paralelo de vários capacitores para que se chegue ao valor calculado.

      É isso ai, qualquer dúvida pode entrar em contato. 😉

      1. Poise e se fose 30amper igual o amigo tinha citado??
        E esse capacitor q vai na anternada eh aquele quadradinho azul??boanoite

  31. Boa noite, preciso montar uma fonte de 12 volts x 30 amperes, de acordo com as recomendações citadas nos comentários acima, esse projeto não se torna viável devido os riscos que podem ocasionar. Contudo o projeto me parece ser bem tranquilo de se trabalhar, assumindo os riscos evidentes do projeto, eu consigo uma corrente de 30 amperes somente alterando o valor de C1?

    1. Boa noite Lucas!

      Realmente os riscos de choques elétricos com esse tipo de fonte é algo preocupante e alterando o valor do capacitor, de acordo com os cálculos, teremos sim algo em torno dos 30 ampères, no entanto, isso levaria a ter que adquirir um capacitor para corrente alternada de aproximadamente 630uF, o qual seria difícil encontrar no comércio, embora pode-se fazer associações de capacitores para obter os 630uF de capacitância.

      Conseguindo algum resultado, comente novamente. 😉

      Abraço!

      1. galera, analisar este circuíto..não é bem assim e depois (hot live) pode ser bem perigosa. O capacitor para 22VAC não pode ser de 250volts como no esquema e sim de 400VAC!!!

        1. Olá turma!
          O Reginaldo está correto, houve um erro de digitação na lista de material e a tensão do capacitor para 220VAC deverá ser de 400VAC.

          Obrigado Reginaldo! 😉

    2. Lucas Testoni, gostaria de saber se você teve êxito em sua fonte, pois preciso de uma fonte com a mesma capacidade, qual o valor que você usou para o capacitor C1 e qual CI você utilizou?

      desde já obg.

      1. Boa tarde, pelos meus cálculos o capacitor C1 deu 364uF para obter uma saída de 30A, é você citou em seus comentarios que seria necessário um capacitor de 630uF.

        1. Olá Douglas,

          Realmente o capacitor será de 364uF, mas para uma tensão de rede igual a 220V, porém o cálculo feito no comentário em resposta a Lucas Testoni foi para tensão de rede igual a 127V, o que resultou em um capacitor de 630uF.

      1. Olá poderia fazer um pequeno projeto pra mim, entra em contato pelo email abaixo e te passo os detalhes e acertamos quanto irar ficar !

  32. Olá, gostaria de montar uma fonte ajustável de 34v com amperes are 10a, sem trafo, e de acordo com os cálculos o C1 ficou em 120uf. Gostaria q me indicasse qual poentecdevo usar e regulador, bem como os valores de c2 e c3. Usarei a fonte em bancada.

  33. Ola por gentileza, eu como aindo estou aprendendo eletrônica gostaria de saber no caso da fonte descrita acima , se eu quiser fazer uma que possa ser tanto em 110v como 220v no caso bivolt , eu devo fazer a fonte da segunda opção apenas?
    Muito grato.

    1. Para uma fonte do tipo bivolt com o circuito apresentado é simples, basta projetar o circuito para fornecer um valor máximo de 30V calculando a capacitância de C1 para este valor, lembrando que a corrente elétrica fornecida depende da carga a ser alimentada e C1 deve ser calculado levando em consideração a carga. O capacitor C2 deverá ser para tensão de no mínimo 40V tendo, assim, uma boa margem de segurança. Usando o regulador de tensão 7812 ou 7805, independente da tensão de entrada você terá sempre uma tensão estabilizada de 12V ou de 5V, dependendo do circuito integrado regulador usado.

      Fonte sem transformador retificada

      Resumindo:
      Calcule C1 para tensão de saída de 30V em 220V (A corrente dependerá da carga);
      Altere o valor de C2 para o mínimo de 40V;
      Use o circuito integrado regulador para 12V ou para 5V;
      O valor de C3 pode assumir valores entre 10uF e 220uF para tensão de 16V.

    2. Vc pode calcular um capacitor com a tensão de 220V e colocar em paralelo com o capacitor de 127V usando uma chave de seleção conectada a eles vc pode selecionar a tensão que deseja.

    3. Como os reguladores da família 78XX aguentam uma tensão de entrada de no máximo 35V, eu aconselho a usar um diodo zener em combinação com um transistor para conseguir uma fonte CC com capacidade de alguns Ampères… Em relação ao desenho da placa, tome cuidado com o angulamento das “curvas” das trilhas, que devem estar sempre em 45º para não causar capacitância parasita. Tome muito cuidado, pois como a fonte não tem isolamento da rede, há risco de choque e está sujeita à ruídos da rede

  34. Olá. Montei a fonte conforme as instruções, mas usei um capacitor C1de 1,5 uF X 400V, pois segundo a fórmula, isso me daria em torno de 100 mA de capacidade. Usei um CI 7805 para obter 5V na saída e o capacitor C2 é de 1000 uF X 50 V. É justamente esse capacitor que me preocupa, pois ele está esquentando muito.

    1. Olá Jorge,

      O que deve estar ocorrendo é que a tensão de saída da fonte, logo após os diodos, esteja com nível alto. Um detalhe interessante é que ao colocar o capacitor de filtro (no caso C2) essa tensão de saída aumenta consideravelmente, uma vez que inicialmente ao ser ligada a fonte, esse capacitor irá se carregar com o primeiro pulso e manterá parcialmente essa carga até a chegada de um novo pulso. Este segundo pulso irá se somar com a parcela de tensão que ainda existe no capacitor podendo atingir valores altos aquecendo o componente.
      Portanto, se o capacitor está aquecendo muito pode ser que sua tensão máxima de operação esteja menor que a de saída da fonte, ou seja, use um capacitor de 1000uF x 100V para ter mais segurança.

      É importante também fazer um teste de isolamento do capacitor e verifique se ele está em perfeito estado.

      Observe a polaridade se está correta.

      Teste cada diodo e reveja instalação de cada um na placa.

      O que também pode está acontecendo é que capacitores reais possuem uma Resistência Série Equivalente (ESR ou do inglês ESR), a qual sempre surge quando existe um alto nível de ripple (fuga de tensão alternada entrando no capacitor juntamente com tensão contínua). A solução para este caso é o uso de capacitores com baixo ESR e de excelente qualidade.

      Outro detalhe importante é que os circuitos integrados 7805 e o 7812 e outros dessa família, aceitam tensão de entrada máxima igual a 35V. Se for aplicada tensão maior ou igual a 35V, estes C.I’s simplesmente bloqueiam o funcionamento e não liberam tensão na saída.

      Veja se algumas dessas dicas resolve e comente novamente.

      1. Obrigado pelo retorno. Realmente, eu medi a tensão nos pinos do capacitor e ela chegava a 55 volts. Se tivesse usado um capacitor de 25 ou de 35 V, ele teria estourado na hora.

        Acho que não seria a melhor solução simplesmente colocar um capacitor de 100 V, pois esses 55 V que eu medi também ultrapassam o máximo que o LM 7805 aceita como tensão de entrada (máximo 35 V).

        Eu “resolvi” inicialmente o problema colocando um diodo Zener de 12 V X 5 Watts em paralelo com o capacitor. Isso reduziu a tensão para os 12 V que tanto o capacitor quanto o CI podem aguentar. Ambos passaram a operar sem aquecimento. Só que agora, o que começou a aquecer foi justamente o Zener.

        No final das contas, fazendo algumas pesquisas, resolvi retirar o Zener de 12 V, o CI 7805 e o capacitor C3, substituindo todos eles por um único diodo Zener de 5,6 V X 5 W. Com isso, consegui obter a tensão de 5 V na saída, a corrente que eu precisava (a fonte alimenta um circuito que consome 55 mA, minha estimativa de 100 mA foi exagerada) e com apenas um aquecimento bem leve do Zener.

        1. Rapaz, gostei de ver. Dou a você meus parabéns!

          Desenvolver projetos eletrônicos é justamente isso, pegar a ideia de um circuito e aperfeiçoá-lo conforme a necessidade.

          Sempre que precisar pode contar com nossa equipe.

          1. Boa tarde Vanderlei.
            Fizemos a simulação no proteus do projeto proposto pelo jorge
            em 09/01/2016 às 19:27 e encontramos na saída 2v,poderia nos ajudar ou dar uma solução para ter 5v na saída obrigado pela atença e parabéns pela pagina é de suma importância para nos graduandos em engenharia.

          2. Olá Talles,

            Nem sempre todos os circuitos funcionam perfeitamente em simuladores. Sempre uso o Proteus em muitos de meus projetos, mas quando se trata de fontes de alimentação, sempre prefiro confiar nos cálculos e fazer como o Jorge fez – Partir para a prática. Mesmo assim, me lembre pelo Whatsapp nesse final de semana que tentarei reproduzir o circuito no Proteus para uma analise mais detalhada e poder de explicar melhor o que deve está ocorrendo.

            Para contatos acesse a página de Contatos

            E obrigado pelo elogio. 😀
            É sempre muito bom saber que este trabalho vem sendo útil aos estudantes.

            Abraço!!!

    2. Sua tensão em cima desse capacitor deve estar muito alta acima de 50V, recalcule e faça uma simulação.

    1. Olá Daniel,

      A corrente fornecida por este tipo de fonte depende do capacitor C1 e para calcular o valor dessa capacitância, entre no menu Projetos e leia o artigo “Fonte sem transformador”.
      Mas, nesse projeto que apresentei, você pode ver que usei um regulador de tensão da família 78xx e esse componente fornece no máximo 1A (1000mA), ou seja, se usar o 7805 você vai obter 5V e 1A, se usar o 7812 obterá 12V e 1A.

  35. Olá parabéns pelo site!! Será que posso utilizar esta fonte para alimentar um módulo relé para controle de cargas por meu da plataforma Arduíno??? Meu intuito é produzir a PCI do módulo com o circuito de alimentação já na placa, podendo assim conecta-la direto a rede!!!

    1. Olá Renato,

      Primeiramente, muito obrigado!

      Esta fonte pode sim ser usada na alimentação do módulo relé, mas lembre-se que ela não possui isolamento com a rede de energia elétrica, o que pode causar acidente de choque elétrico.
      Use opto acopladores entre os pinos de saída do Arduíno e as bases dos transistores drivers que farão o acionamento dos relés, isso poderá evitar danos ao Arduíno.

      1. Olá, obrigado pelo feedback!!!

        Mas nesse caso há alguma outra forma de fazer o isolamento da rede sem o uso do trafo??? Ou só isolando as trilhas e alocando a placa em algum encapsulamento já diminuiria o risco??

        1. Olá Renato, desculpe a demora em responder, pois os trabalhos apertaram um pouco.

          Infelizmente o isolamento elétrico do circuito com a rede elétrica só se dá por meio do uso de trafo, mas se você isolar bem as trilhas e colocar o circuito em um gabinete plástico adequado, realmente diminuirá os riscos, porém, lembre-se de não tocar em nenhuma parte metálica do circuito.

          1. Olá, gostaria de saber se seria possível substituir os componentes do circuito, por componentes smd??? Agradeço desde já a atenção!!!

          2. Olá Rgraciano,

            Pode sim, exceto o capacitor de entrada, o qual deverá ser de poliéster. Os demais poderão ser smd desde que sejam capaz de suportar corrente elétrica superior a 1A.

  36. Tem algum substituto para o capacitor de 3uf???? Geralmente ele é encontrado para ser usado em ventiladores e ele é bem grande em projetos pequenos ficaria inviável.

    1. Olá George,

      O problema de se usar substituto é que isso alteraria diretamente o valor da tensão de saída e da corrente. No entanto, dependendo do projeto que tenha em mente, um novo cálculo deverá ser feito para saber qual é o capacitor adequado para seu projeto. Para entender como calcular uma nova fonte desse tipo acesse este link: Fonte sem transformador

      Obrigado pela participação!

  37. Parabéns pelo artigo, simples e direto, o que precisaria ser feito para que a fonte
    possa ser 110/220 ?

    1. Olá Marcos!

      Primeiramente deverá ser realizado o cálculo do capacitor para 110V e o cálculo do capacitor para 220V. Tendo em mãos tais capacitores, você precisará de uma chave seletora de três polos por duas posições para comutar entre um capacitor e outro. Veja o esquema abaixo:

      Fonte com chave seletora para 110V e 220V

        1. Olá Jefferson,

          Pode ser, desde que se calcule os valores dos dois capacitores, sendo um para 127V e o outro para 220V e usar a chave para selecioná-los.

  38. Obrigado por compartilhar seu conhecimento, gostaria de saber como ficaria esse circuito em 12v com 1A de corrente, vc tem como me ajudar?
    Desde já obrigado

    1. Olá Fernando, desculpe a demora em visualizar o comentário, mas vamos lá…

      …No circuito apresentado, para se obter uma corrente de 1A basta colocar em C1 um capacitor para corrente alternada de 33uF, para uma tensão de entrada de 127V. Para entrada de 220V use um capacitor de 22uF. Para ter 12V estáveis na saída use o regulador de tensão 7812, o mesmo mostrado no circuito.
      Conselho: Este circuito é compensável para correntes elétricas de baixa intensidade.

      1. Olá.
        Estou tentando adaptar o circuito para 6A de corrente, mas estou com duvida quanto ao capacitor c1 e aos diodos, estou utilizando o multisim para simulação e sempre da erro de simulaçao.
        Obs: sei que os lm em geral aguentam apenas 1a, por isso estou pensando em usar varios em paralelo para somar a corrente no fim. Aceito sujestoes nessa parte tambem.

        1. Olá Felipe,

          Na verdade eu não recomendo usar esse tipo de fonte com correntes altas, pois lembre-se que ela não possui transformador e um descuido pode chegar a ser até fatal, uma vez que o circuito não é isolado da rede de distribuição elétrica. Portanto, eu sugiro que use um transformador adequado para a montagem de uma fonte que forneça tal valor de corrente elétrica.

          As fontes de correntes elevadas, geralmente usam etapas com transistores de potência na saída, tipo o 2N3055 dentre outros, os quais podem controlar uma considerável quantidade de corrente elétrica.

          O que pretende alimentar com essa fonte?

          1. Na verdade era um prejeto de IoT que o prof pediu uns 5A para alimentar alguns periféricos, mas depois de pesquisar e aprensentar os resultados, chegamos a conclusão de que 2~2.5 A ja seriam suficientes.

            Mesmo assim agradeço muito a ajuda.

  39. Boa noite, vc nao mencionou a corrente final de saida dessa fonte. ou seria os mesmos 30mah?

    Qual seria o valor do capacitor para 100 mah?

    Att.

    1. A corrente final deste circuito vai depender do capacitor C1 e o cálculo do mesmo você pode aprender através do artigo que publiquei na página Fonte sem transformador, mas, como apresentei uma fonte que usa como regulador de tensão os circuitos integrados da família 78xx, a corrente máxima deverá ser de apenas 1A.

        1. Para menos poderia ser de 5,6uF e para mais será 6,8uF. Mas entenda que quanto maior o capacitor, maior será corrente elétrica. O certo é refazer os cálculos para cada um desses valores comerciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *