Amplificador de áudio de potência com TDA 2030

Vanderlei Alves S. Silva

falantesCertamente a música é algo que agrada a todos, dependendo de seu estilo, interprete, instrumentação, arranjos musicais, sempre vai existir um gosto que encante o sentido de audição de muitas pessoas. No entanto, para que uma boa música gravada ou disseminada por alto-falantes em um show ao vivo possa ser bem apreciada por nossos ouvidos é preciso ter amplificadores de áudio com excelente qualidade sonora, capazes de reproduzirem com fidelidade os sons que foram criados para ajudar a marcar momentos inesquecíveis.

O projeto que apresentamos neste artigo é um amplificador de áudio que usa como elemento ativo o circuito integrado TDA 2030, o qual consiste em um circuito integrado monolítico destinado a ser usado como um amplificador classe AB de baixa frequência. Fornece tipicamente uma potência de 14W em sua saída quando alimentado por sua máxima tensão de alimentação. Com +/- 14V pode-se garantir 12W de potência em alto-falante de 4Ω e 8W em 8Ω (Estas informações foram tiradas do data sheets do componente).

TDA2030

Este componente de 5 terminais, fornece alta corrente de saída, muito poucos harmônicos e baixa distorção cross-over e além disso, possui sistemas internos de proteção contra curto-circuito e sobre aquecimento.

Esquema elétrico do circuito amplificador

Abaixo podemos ver o circuito elétrico do amplificador com seus componentes periféricos.

TDA2030

Este circuito é um dos recomentados pelo data sheet e necessita de fonte simétrica de +/-18V para que ele atinja sua máxima potência.

Funcionamento

Este circuito é alimentado por tensões de alimentação simétricas de +/- 18V. O sinal de entrada é aplicado ao pino 1 do TDA 2030 via capacitor C1, o qual é responsável pelo desacoplamento de corrente contínua entre o equipamento de som que entregará o sinal de entrada e o nosso amplificador, permitindo apenas a passagem do sinal sonoro. O resistor R1 realiza a polarização da entrada não inversora.

R4, R2 e C2, formam a rede de realimentação e configuram o ajuste de ganho de ciclo fechado (para este circuito integrado o ganho em malha fechada deve ser superior a 24dB). O uso de R5 e C6 é opcional e podem realizar o corte de frequências superiores, sendo que C6 causa um estreitamento de banda, dessa forma podemos ter uma acentuação nas frequências mais baixas e assim, obter um som mais grave na saída, indicado para o uso com sub-woofer.

Caso queira acrescentar R5 seu valor deverá ser aproximadamente igual a 3 x R2 e C6 deve ser determinado de acordo com o resultado da seguinte fórmula:

C6

Onde corresponde à frequência de largura de banda desejada.

O resistor R3 e C5 estabilizam a frequência de saída mantendo a impedância na faixa de operação do amplificador protegendo-o de cargas indutivas (alto-falante) desviando altas frequências.

 Os diodos D1 e D2 servem para proteger o CI-1 contra picos de tensão de saída.

Os capacitores C3 e C4, C7 e C8 servem para fazer o desacoplamento da tenção de alimentação, eliminando ruídos provenientes da fonte de energia.

Placa de circuito impresso

Abaixo damos o layout da placa de circuito impresso sugerido pelo data sheet.

BCP_TDA2030

Para um layout em tamanho real, sugiro que baixe o data sheet clicando aqui e imprima a página 5, lá você encontra um no tamanho real. É só recortar a folha e fazer sua placa.

Lista de material

CI-1 – Circuito Integrado TDA2030

C1 – Capacitor eletrolítico 1uF x 25V

C2 – Capacitor eletrolítico 22uF x 25V

C3 e C7 – Capacitores cerâmicos de 100nF (104)

C4 e C8 – Capacitores eletrolíticos 220uF x 25V

C5 – Capacitor cerâmico 220nF (224)

C6 – Opcional (ver texto)

D1 e D2 – Diodos de uso geral 1N4001

R1 – Resistor 22kΩ  x 5% (vermelho, vermelho, laranja, dourado)

R2 – Resistor 680Ω x 5% (azul, cinza, marrom, dourado)

R3 – Resistor 1Ω  x 5% (marrom, preto, dourado, dourado)

R4 – Resistor 13kΩ x 5% (marrom, laranja, laranja, dourado)

R5 – Opcional (ver texto)

FTE 1 – Alto-falante 4Ω ou 8Ω e 20W de potência.


É isso ai pessoal! Espero que tenham gostado. Deixem seus comentários e quem montar este amplificador, caso queira, pode mandar fotos ou vídeo para que publiquemos aqui com o nome de quem montou.

Até a próxima! 😉

Gostou deste conteúdo? Quer muito mais assuntos interessantes e úteis? Então faça uma doação ou torne-se um colaborador e apoie esta obra.

 





apoia-se